1ª Conferencia de Saúde da Mulher debate ações e políticas públicas para mulheres em MS

Campo Grande (MS) – A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES/MS) participou na manhã da abertura oficial da 1ª Conferência Estadual de Saúde das Mulheres: “Desafios para integralidade com equidade” no auditório da Escola do SUAS “Marilucce Bittar”. O evento, coordenado e realizado pelo Conselho Estadual de Saúde, contou com a participação de representantes das secretarias municipais de saúde, Ministério da Saúde, Ministério Público Estadual e Secretaria de Políticas Publicas para Mulheres. O objetivo do encontro foi debater os trabalhos em saúde e políticas sociais direcionadas às mulheres.

Durante todo dia foram apresentados trabalhos e discutidos temas como a violação de direitos das mulheres, políticas públicas e saúde e a sua participação social. Durante a abertura do evento, representando a Secretaria de Estado de Saúde, a superintendente de ações estratégicas, Edelma Lene Peixoto, destacou a importância de um debate amplo voltado às políticas públicas para as mulheres, além da importância das ações em saúde a serem realizadas em todos os segmentos para as mulheres.

“A 1ª Conferência de Saúde das Mulheres tem um destaque muito importante para o estado pelos avanços que podemos conseguir com este debate constante abrangendo vários setores e voltado para a saúde da mulher. A participação de instituições importantes como o Ministério Público e representantes da saúde da mulher de cada um dos 79 municípios, reforça ainda mais o importante passo que está sendo dado na questão de políticas públicas”, destacou.

De acordo com a conselheira de saúde Shirley Santina, a Conferência trata de diretrizes essenciais para a continuidade dos trabalhos voltados à saúde da mulher. “Vamos avaliar e definir as diretrizes para as políticas de saúde da mulher. São discussões importantes com a participação dos setores da saúde LGBT, rural, Adolescente, população negra, todos com uma grande importância para as propostas que a Conferencia traz”, disse.

 

Jefferson Gonçalves – Secretaria de Estado de Saúde (SES)