Hospital Regional de Ponta Porã realiza treinamento para combate a princípios de incêndio

Ponta Porã (MS) – Brigadistas e colaboradores do Hospital Regional Dr. José Simone Netto participaram de um treinamento de segurança e prevenção de princípios de incêndio. A palestra foi ministrada pelo sargento do 4º Grupamento do Corpo de bombeiros de Ponta Porã (4° GBM) Josélio Lima.

Foram apresentados temas como classes de incêndio, as diferenças entre os vários tipos de extintores e a forma adequada de manusear cada um deles em princípios de incêndios. Conservação dos extintores, técnicas de evacuação do prédio e salvamento também foram abordados na palestra.

O Sargento Josélio Lima explicou que é indispensável esse tipo de orientação. “O ideal é o pessoal ter noção de como agir em caso de um incêndio, principalmente na retirada das pessoas e também a utilização do extintor. Muitas vezes a pessoa vê o extintor e não sabe para que serve, não sabe como manusear, nem em qual tipo de incêndio usar”.

“Hoje a nossa legislação pede que estabelecimentos com área acima de 900 m² tenham uma brigada de incêndio, e o Hospital possui um grupo de brigadistas treinados, isso é muito importante para evitar algum possível princípio de incêndio e para conter o fogo até que os bombeiros cheguem ao local”, destacou o sargento elogiando a inciativa da diretoria Hospital por dar treinamento aos brigadistas.

O Hospital Regional conta hoje com uma equipe de nove brigadistas treinados, divididos em turnos diferentes. “Os brigadistas auxiliam em qualquer princípio de incêndio que tiver no Hospital, porque a gente nunca sabe o que pode acontecer, outro dia teve um curto-circuito aqui no hospital. Se temos uma equipe preparada, conseguimos prevenir que algo maior aconteça, no caso um princípio de incêndio. Por isso são importantes as capacitações e a busca de conhecimentos sobre o assunto”, ressaltou a técnica em segurança do trabalho do HR, Elba Kelly Menêzes.

O nutricionista e brigadista do Hospital, Rodrigo Echeverria, classificou a capacitação como grande valia nas ações cotidianas. “Eu, por exemplo, que trabalho na cozinha próximo a fogões, forno, gás de cozinha, considero muito importante estar atualizado e ter esse treinamento para prevenção de acidentes, para que se for preciso estejamos preparados”.

“Todos nós brigadistas recebemos um treinamento, pois tem que ter a técnica correta para manusear uma mangueira de incêndio, por exemplo. E a palestra contribuiu para ampliar os conhecimentos sobre o tema, foi bem informativa para nós que temos a função de apoiar o corpo de bombeiros”, concluiu o vigia do Hospital e também brigadista, Carlos Martins.

(*)Com informações da Assessoria de Comunicação Hospital Regional de Ponta Porã