VACINÔMETRO

Atualizado em 08-08-2022 00:01

DOSES APLICADAS

5.902.225

PRIMEIRA DOSE

2.250.572

SEGUNDA DOSE

1.958.397

DOSE ÚNICA

257.850

Percentual da população do MS com esquema vacinal completo.

78.89%

Nota de esclarecimento do secretário estadual de Saúde Geraldo Resende sobre a postagem “Chegamos ao pico”

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, junho 25, 2020 as 12:40 | Voltar

Está circulando nas redes sociais uma mensagem com o título “Chegamos ao pico”, cujo texto é a mim atribuído. Quero esclarecer à população sul-mato-grossense que essa postagem não é de minha autoria. Mas reconheço que os alertas que ali estão sendo feitos, como se fossem meus, não são de todo ruins.

Na verdade, é correto afirmar que estamos atravessando um período muito difícil, e que a situação pode se agravar nos próximos dias, principalmente se parte da população sul-mato-grossense continuar ignorando os apelos que fazemos todos os dias, para que tomem os cuidados necessários contra o coronavírus.

Ainda não chegamos ao pico – aí está o equívoco do texto a mim atribuído. Mas a verdade é que quanto mais tomarmos cuidado, quanto mais a população se precaver, mais rápido sairemos dessa pandemia.

Quanto mais as pessoas relaxarem, mais casos positivos teremos, mais leitos clínicos e de UTI necessitaremos; mais mortes teremos, mais dor, mais sofrimento em muitas famílias com a perda de seus entes queridos. É isso que não queremos para ninguém.

É preciso uma dose maior de conscientização das pessoas, para adotarem as medidas que estamos falando há mais de 100 dias: fiquem em casa, se não for extremamente necessário sair; façam a higienização de tudo aquilo que vier de terceiros – sacolas de supermercados, embalagens, etc; higienizem torneiras, maçanetas, assentos de uso comum; em casa, não compartilhem utensílios, toalhas, ou vestimentas; usem máscaras e álcool 70º; ao saírem para ambientes públicos, ao retornarem, troquem o mais rápido possível suas roupas e as coloquem para lavar; tirem os calçados antes de adentrarem suas casas; lavem as mãos sempre que puderem, pratiquem o distanciamento social... tudo isso é para que ninguém tenha que chorar, nos próximos dias, a perda de uma mãe, um pai, um filho/filha, um irmão ou irmã, vizinhos, amigos, ou demais entes queridos. Tudo isso é um gesto de compaixão e amor ao próximo. Um grande abraço!

 

Geraldo Resende

Secretário de Estado de Saúde

Publicado por: Ricardo Minella

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.